quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Troféu Pedagogia do Afecto

É com muito agrado que comunicamos que a EB1 de Aldeia do Futuro nos nomeou para o troféu "Pedagogia do Afecto".
Este troféu tem as seguintes regras:
1 - Recebendo o troféu, ele deve ser oferecido a 10 blogues que tenham compromisso e afecto com a Educação;
2 - A imagem do selo deve passar a ser exibida permanentemente no blogue;
3 - O nomeado deve colocar um link para o blogue de onde a nomeação foi atribuída;
4 - Nos blogs seleccionados, deve ser deixado um comentário, permitindo assim que eles saibam que foram presenteados e quem os presenteou;
5 - O blogue que receber 5 vezes o troféu “Pedagogia do Afecto” deve ir à página http://pedagogiadoafeto.blogspot.com/ deixar um comentário com o e-mail, para receber uma nova homenagem.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Bilioteca Sensível

No dia 14 de Janeiro o Pedro e a Lara vieram à EB1 de Cadoços contar várias histórias. Aproveitámos e convidámos os idosos do Centro Comunitário para assistirem.

Eles começaram por se apresentar e dizerem o nome um do outro, mas trocaram os nomes. O Pedro dizia que a Lara era o Pedro e a Lara dizia que o Pedro era a Lara.

A primeira história era sobre uma cidade muito rica que muitas das vezes era assaltada. Por isso, o rei mandou construir uma torre muito alta e quem a construiu foram 7 engenheiros. Um deles pensou em construir a torre em papel mas outro engenheiro disse que se eles construíssem uma torre de papel ela poderia ser cortada.

Depois a Lara contou-nos uma história sobre ela e uma amiga sua. Elas foram sair e encontraram uma mala de segredos. A Lara esperou que viesse a Cadoços para abrir a mala dos segredos. Quando ela abriu a mala deixou de ser um segredo, porque nós passámos a saber também.

A seguir a Lara pegou numa varinha mágica e nós tínhamos que bater palmas, conforme ela mexia a varinha. Ela mostrou-nos também uma amigo dela que é invisível.

A outra história foi sobre nós próprios. Era uma história contada através de um livro que tinha um espelho. O livro chamava-se “Livro do Eu” e cada um via-se ao espelho e descrevia o que via.

A seguir o Pedro e Lara pediram para nós nos levantarmos e eles sentaram-se. Todos juntos batemos palmas.

Por fim, fomos tirar fotografias muito engraçadas. O Pedro emprestou uns óculos ao Alexandre para ela tirar a fotografia. A seguir tiraram também a Ana Filipa, A Inês e a professora Telma. As fotografias que saiam eram todas de pessoas já muito velhotas!

video

Animação do Livro e da Leitura II

Mariluz Avestruz

No passado dia 12 de Janeiro fomos à Biblioteca Municipal de Grândola ouvir uma história contada pelo Pedro. Desta vez não levámos os idosos do Centro Comunitário porque eles esqueceram-se que era dia de irmos a Grândola...
Era uma vez uma avestruz que era muito vaidosa e que todos os dias às voltas pelo campo e dizia sempre assim:
- Olhem, olhem, para as minas penas maravilhosas!
Andava sempre assim todos os dias. Um dia de manha a sua mãe disse-lhe:
-Ò filha, só as avestruzes manhosas é que dormem com a cabeça enterrada na terra!
Mas a Mariluz Avestruz não ligou a nada que a mãe avestruz lhe disse.
Noutra manha acordou mas não conseguia tirar a cabeça debaixo da terra e gritou socorro... socorro... socorro!
Mas a mãe avestruz não ouvia porque estava a chocar os ovos. Por isso, tentou de novo:
- Socorro...socorro...socorro!
Mas o pai avestruz também não ouvia porque estava a dormir a sesta. Por isso tentou outra vez:
- Socorro...socorro...socorro!
Mas os seus amigos também não ouviam. Então gritou mais uma vez e foi aí que a mãe avestruz ouviu e foi ver o que se passava. Viu a Mariluz com a cabeça enterrada e lá a puxou mas não conseguiu.
Por isso, foi pedir ajuda ao pai e o pai puxou pela mãe mas também não conseguiram. Então veio o Antílope e puxou pelo pai da Mariluz e ai já conseguiram.
A mãe deu um abraço grande à Mariluz e disse-lhe para nunca fazer isso.
Assim, a Mariluz ficou sem penas e já nunca dormiu com a cabeça enterrada, nem já foi andar pelo campo sempre a cantar “Olhem... olhem para as minhas penas maravilhosas!”.

video

A Nossa Festa de Natal

A festa de natal da nossa escola foi feita com os alunos da E.B 1 de Cadoços e os idosos do Centro Comunitário. A Ana Filipa é que foi a apresentadora.
Fizemos um teatro e cantámos uma canção de Natal juntamente com os idosos. O teatro foi fantástico, foi feito com os idosos.
Depois cantámos uma canção de Natal, mas em inglês e os idosos disseram poemas.
Recebemos o jogo da Leopoldina e um Cd de música também da Leopoldina.
A seguir fizemos um lanche convívio com as pessoas que assistiram à festa.
E por fim tivemos a visita do presidente da Câmara Municipal de Grândola, o Sr. Carlos Beato, que cantou uma canção juntamente com a vizinha Francisca, que tocou realejo.
Foi uma festa muito divertida!

video